Benjamin pede a ministro prorrogação da lei que garante desconto aos agricultores

Lei garante aos agricultores a possibilidade de obterem descontos em financiamentos rurais

Mais política | Em 12/10/17 às 09h24, atualizado em 12/10/17 às 09h30 | Por Redação
Divulgação / Assessoria
Deputado Benjamin Maranhão se encontra com ministro

O deputado federal Benjamim Maranhão (SD) solicitou ao ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, a prorrogação da Lei 13.340/16, que garante aos agricultores a possibilidade de obterem descontos em financiamentos rurais. A solicitação se deu por conta que o prazo para as negociações dessa lei acaba no dia 29 dezembro de 2017.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

“Dificilmente todos os agricultores que estão na região de semiárido conseguirão aderir à medida, além do que há divergência entre a consultoria jurídica do Ministério da Integração e o Banco do Nordeste em razão da aplicação da lei. Nesse caso, vai ser necessário a intervenção da AGU – Advocacia Geral da União”, comentou o deputado, que fez a solicitação pessoalmente e via ofício, na noite da última terça-feira (11).

Na reunião com o ministro, Benjamin Maranhão sugeriu que o Ministério pudesse fazer um estudo de viabilidade para que a Presidência da República possa fazer uma nova edição da Medida Provisória nº 733/2016 – que deu origem a Lei 13.340/16 – estendendo o prazo, tendo em vista que apenas 11% dos agricultores aderiram ao programa.

Providências
O deputado pediu ainda providências junto à direção do Banco do Nordeste para que a Lei se faça cumprir e os produtores rurais que têm operação de crédito contratado pelo Banco, possam negociar seus débitos com descontos. No ofício, Benjamin lembra que mais de 95% beneficiados com a Resolução são agricultores familiares e pequenos produtores.

“O problema é que o banco do Nordeste vem insistindo em não cumprir a Lei e não tem adotado corretamente os redutores nesses cálculos de renegociação. Isso vem prejudicando os agricultores brutalmente”, ressaltou.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Atenção

Fechar